Esportes

44 anos depois, Flamengo volta a vencer em São Januário

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
Três dias depois de quebrar uma escrita em jogos internacionais, mais uma vez, o Flamengo fez história. A vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, em São Januário, não representou apenas a conquista de três pontos no Brasileirão ou mais um triunfo em um clássico. O resultado de 1 a 0 marcou a derrubada de uma marca que já perdurava por 44 anos: a última vitória do Rubro-Negro sobre o rival nos domínios deles acontecera em 1973.
Na ocasião, o clássico foi válido por um amistoso. Com um timaço que tinha Rodrigues Neto, Zico e Paulo Cesar Caju sob a batuta de Zagallo, o Mais Querido venceu também por 1 a 0, com gol de Caju. Até o resultado deste sábado (8), São Januário foi palco de outros cinco confrontos, com dois empates e três vitórias cruzmaltinas.
A marca é ainda mais extensa se considerados jogos oficiais: a última vitória rubro-negra acontecera em 1966. Pelo campeonato estadual daquele ano, Silva e Gildo balançaram as redes na conquista por 2 a 0.
A vitória de 2017 guarda coincidências com alguns dos momentos mais memoráveis da história do Flamengo – não só pelo resultado, mas também pelas circunstâncias do gol rubro-negro. Em 1944, de Vevé para Valido. Em 1978, de Zico para Rondinelli. E em 2017, de Everton Ribeiro para Everton Cardoso. Nas três ocasiões, o Rubro-Negro venceu o rival por 1 a 0, com gols de cabeça.
André Freitas

André Freitas

Radialista, 39 anos, escreve neste espaço todos os dias a qualquer momento.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ouça no Celular